Encontro com os oito baixos


Basta pensar em Dominguinhos, Sivuca, Hermeto Paschoal, sem falar no mestre Luiz Gonzaga – todos começaram sua vida musical aprendendo este difícil instrumento, considerado um dos mais difíceis de execução dentre todos ! Diferente do acordeon com teclas de piano para a mão direita, poucos são os que se atrevem a toca-lo na atualidade e menos ainda os que restam da chamada “velha guarda”.

Dentro do programação cultural das olimpíadas e paraolimpíadas de Niterói, realizado pelo Centro de Artes da UFF – Universidade Federal Fluminense – o projeto “INTERCULTURALIDADES” em parceria com o Núcleo de Pesquisas e Expressão da Sanfona de 8 Baixos do Brasil, recebemos grandes mestres e tocadores da sanfona de 8 nos dias, 03, 04 e 05 de setembro para a realização do ” Encontro com os 8 Baixos”. Entre eles Mestre Zé Calixto (PB) , o Poeta da sanfona e Mestre Chico Paes da cidade de Assaré no sertão do Cariri (CE), o tocador de 8 baixos mais antigo do Brasil que recebeu o carinhoso título de Vovô dos 8 Baixos e o internacionalmente reconhecido Renato Borghetti com sua encantadora gaita ponto. A programação foi variada e todo o final de semana dedicado ao carismático instrumento e seus Mestres. O encontro de grandes mestres e amantes da sanfona de 8 baixos e o autentico forró pé de serra, homenageou os mestres e ressaltou a importância do instrumento para a história da música popular brasileira.

Participação: Chico Paes, Zé Calixto, Renato Borghetti, Guilherme Mará e Leo Rugero

Banda: Durval Pereira, Valter 7 Cordas, Carlos Calixto, Jiló e Beto Marrom

 




Voltar